Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ad

Gressinos de sementes e ervas

grissinis20.jpg

Hoje trago-vos uma opção para, como dizem os nossos vizinhos espanhóis, "picotear". A ideia é mesmo essa, comer estes palitos de pão crocantes simples, com um copo de vinho ou, então, passá-los por queijo creme.

Experimentem também enrolar nos gressinos um pouco de presunto ou salmão fumado... Bem, a vossa imaginação dirá como melhor desfrutarão deles :)

 

Ingredientes:

325 gramas de farinha com fermento

190 ml de água morna

1 colher de chá de sal

1 colher de sopa de azeite

1 colher de sopa de sementes de sésamo

1 colher de chá de sementes de papoila

1 colher de sopa de ervas aromáticas secas (orégãos, manjericão)

1 colher de sobremesa de tomate seco picado

 

Preparação:

Coloque a farinha, a água, o sal e o azeite num recipiente e misture com a mão até obter uma massa homogénea. Caso seja necessário, pode adicionar um pouco mais de água ou farinha.

Embrulhe a massa em película aderente e deixe repousar a temperatura ambiente durante cerca de meia hora.

Ligue o forno nos 180º.

Divida a massa em pequenas porções e tenda os palitos, com a espessura e comprimento que mais lhe agradar.

Espalhe as sementes, as ervas secas e o tomate na bancada e coloque em cima os palitos, um de cada vez, enrolando para aderir.

Disponha os gressinos num tabuleiro forrado com papel vegetal e leve ao forno durante cerca de 15 minutos, até alourarem e ficarem crocantes.

Depois de frios, guarde em recipientes com fecho hermético.

grissinis1.jpg

grissinis7.jpg

grissinis9.jpg

grissinis11.jpg

grissinis12.jpg

grissinis14.jpg

grissinis18.jpg

grissinis19.jpg

 

 

Folar de Olhão

Folar de Olhão32.jpg

Doce, salgado, de carne, de enchidos, redondo, quadrado, em forma de coroa ou liso, o que importa é o sabor e a massa!

 

Este ano haverá dois folares cá em casa, não que seja tradição, mas porque não lhes resisto! E o primeiro, como não podia deixar de ser, é o doce. O Folar doce de Olhão é o meu preferido, depois do Folar de Valpaços. Mas deixemo-nos de conversas, para vocês terem tempo de o fazer ;)

 

Aproveito para vos desejar uma santa e feliz Páscoa ou, para os menos católicos, uns fantásticos dias de descanso (se aplicável...) :)

 

Ingredientes:

500 gramas de farinha tipo 65 sem fermento

25 gramas de fermento fresco de padeiro

60 gramas de banha

50 gramas de margarina

50 ml de Olaios ou outro licor de laranja

1 laranja (sumo)

1 colher de chá de sal

75 ml de água

 

Para barrar:

50 gramas de margarina amolecida

125 gramas de açúcar amarelo

1/2 colher de sopa de canela moída

 

Preparação da massa:

Num tachinho, coloque a água, a banha, a margarina e o sal. Leve ao lume até derreter as gorduras, mas sem deixar aquecer demasiado.

Num recipiente coloque a farinha. Abra uma cavidade no centro e adicione o sumo da laranja, o licor, o fermento de padeiro e a mistura das gorduras, ainda mornas.

Amasse, de dentro para fora, até incorporar todos os ingredientes. 

Passe a massa para uma bancada ligeiramente polvilhada com farinha e trabalhe-a com as mãos durante cerca de 5 minutos, até esta se descolar das mãos e bancada.

Forme uma bola com a  massa e coloque-a novamente no recipiente. Tape com um pano e deixe levedar num local morno, até duplicar o seu volume.

Amasse novamente, forme uma bola e corte 10 fatias com aproximadamente o mesmo tamanho.

Com cada fatia de massa, forme uma bola e estenda-a até obter círculos com cerca de 18 cm de diâmetro.

Corte um círculo de papel vegetal e forre uma forma de fundo amovível com 18 cm. Unte com manteiga o fundo e paredes.

Coloque dentro da forma um disco de massa. Pincele com um pouco da margarina amolecida e polvilhe com a mistura de açúcar amarelo e canela.

Repita o processo até não restarem mais discos de massa.

Leve novamente a levedar até dobrar o volume (Verá que chega até ao bordo).

Cozinhe em forno pré-aquecido nos 175º durante cerca de 50 minutos. Se a meio da cozedura o folar começar a caramelizar demasiado no topo, tape com uma folha de papel alumínio.

Desenforme com cuidado para não se queimar e deixe arrefecer em cima de uma grelha.

Folar de Olhão5.jpg

Folar de Olhão9.jpg

Folar de Olhão13.jpg

Folar de Olhão16.jpg

Folar de Olhão18.jpg

Folar de Olhão20.jpg

Folar de Olhão25.jpg

Folar de Olhão27.jpg

Folar de Olhão30.jpg

Folar de Olhão33.jpg

 

 

A última Ceia pelo chef Henrique Sá Pessoa

logo 4ed_UltimaCena_PORT.jpg

Para celebrar a Páscoa, o canal HISTORIA estreou, em exclusivo, no dia 18 de março, às 21:55 horas, o já conhecido programa especial “AÚLTIMACEIA”.
Pelo quarto ano consecutivo, o canal lançou um desafio gastronómico único e exclusivo a um chef Português, para a recriação da ementa da Última Ceia de Jesus Cristo com os apóstolos, adaptando-a ao século XXI.

Esta recriação foi gravada no restaurante Alma e está a ser emitida em exclusivo no canal HISTÓRIA, a desde o dia 18 de março. O programa repete até ao domingo de Páscoa às: 16:05h, 17:35h, 19:05h, 21:55h, 23:30h.

O menu recriado faz parte do cardápio do Alma (Baixa Chiado) e está disponível no restaurante até ao 31 de março de 2016, como opção de refeição para os visitantes (preço: 60€ por pessoa, sem bebidas incluídas).

 

Na passada quinta-feira, dia 24, tive o prazer de degustar o menu em questão, acompanhado por outros 11 bloggers/influenciadores das redes sociais. Escusado será dizer que a experiência foi do mais alto nível, assim como o menu que nos foi apresentado no Restaurante Alma, no Chiado.

Deixo-vos com algumas fotos dos pratos e detalhes.

ultima ceia10.jpg

  Manteiga fumada e azeite

 

ultima ceia2.jpg

  Cavala marinada em salmoura com vinagre de maçã, pickles e óleo de mostarda

 

ultima ceia17.jpg

  Filete de peixe-galo glaciado com mel e gengibre, alho francês queimado, avelãs e tâmaras

 

ultima ceia26.jpg

  Lombo de borrego com pinhões, chalota assada, puré de maçã e molho de pimenta

 

ultima ceia28.jpg

  Sorvete de maçã com merengue de caipirinha

 

ultima ceia35.jpg

  Bolo de frutos secos e especiarias com gelado gengibre e nozes caramelizadas

 

 

ultima ceia36.jpg

ultima ceia22.jpg

 

ultima ceia3.jpg

ultima ceia4.jpg

ultima ceia5.jpg

ultima ceia7.jpg

ultima ceia8.jpg

ultima ceia9.jpg

ultima ceia11.jpg

ultima ceia13.jpg

ultima ceia15.jpg

ultima ceia20.jpg

ultima ceia21.jpg

 

 

Tarteletes de amêndoa e cacau, sem glúten

tarteletes amendoa e choco15.jpg

Esta receita surgiu de uma má pesagem dos ingredientes para os meus macarons de cacau. Como o preço da amêndoa anda lá pelas núvens e não gosto de deitar comida fora, decidi fazer uma experiência, adicionando ovos inteiros ao TPT (tant pour tant). E não é que resultou? 

É uma massa algo densa, mas com um sabor concentrado a amêndoa e chocolate, que são atenuados pela suavidade do creme de mascarpone.

Porque na cozinha não se deita fora, recicla-se! :)

 

Ingredientes:

3 ovos inteiros

60 gramas de cacau

100 gramas de amêndoa moída

130 gramas de açúcar em pó

 

Ingredientes para a cobertura:

100 ml de natas para bater

100 gramas de queijo mascarpone

100 gramas de açúcar em pó

Creme de chocolate q.b

Amêndoas laminadas q.b

 

Preparação das bases:

Ligue o forno nos 170º.

Misture todos os ingredientes num recipiente e bata com a batedeira em velocidade média até obter um creme homogéneo.

Distribua o creme por formas de tarteletes previamente pinceladas com um pouco de óleo e leve ao forno durante cerca de 12 minutos.

Retire do forno e deixe arrefecer um pouco antes de desenformar.

 

Preparação do creme e montagem:

Misture o queijo mascarpone, o açúcar em pó e as natas e bata até obter uma espécie de mousse.

Quando as tarteletes tiverem arrefecido, cubra-as com um pouco do creme de mascarpone e decore com o chocolate e a  amêndoa.

tarteletes amendoa e choco3.jpg

tarteletes amendoa e choco5.jpg

tarteletes amendoa e choco6.jpg

tarteletes amendoa e choco8.jpg

tarteletes amendoa e choco14.jpg

 

 

Nova coleção PARFOIS Desert

Pág. 1/3