Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ad

Biscoitos de milho

DSC_0284.JPGAptos para celíacos, estes biscoitos cuja receita original faz parte do receituário tradicional de Paredes de Coura, terra conhecida pelo festival, pelas trutas e pelo milho, são uma opção alternativa para acompanhar uma taça de chá.

Para a receita original, é necessário um utensílio especial para tender os biscoitos sob a forma de  S "esses". Aqui, a minha versão moldável e adaptada à bimby.

 

Ingredientes:

250 gramas de farinha de milho (amarela)
75 gramas de manteiga fria cortada em pedaços

100 gramas de açúcar

1 ovo médio

50 ml de água fria

 

Preparação na Bimby/thermomix:

Ligue o forno nos 180º. Forre um tabuleiro com papel vegetal e reserve.

Coloque no copo a farinha, a manteiga fria cortada em cubos e o açúcar. Programe 10 Seg. Vel 6.

Adicione o ovo e a água e programe mais 20 Seg. Vel 6.

Transfira a massa para um saco pasteleiro com boquilha em forma de estrela e forme pequenas rosetas sobre o tabuleiro forrado.

Leve ao forno durante cerca de 15 minutos, até os biscoitos ficarem bem dourados.

Deixe arrefecer antes de guardar em frascos com fecho hermético.

 

Dica: Adicione um pouco de raspa fina da casca de limão. Polvilhe os biscoitos com cubinhos de marmelada (3mm) antes de os levar ao forno)

 

Método tradicional/ à mão:

Ligue o forno nos 180º. Forre um tabuleiro com papel vegetal e reserve.

Coloque num recipiente a farinha, a manteiga fria cortada em cubos e o açúcar. Amasse até obter uma mistura esfarelada.

Adicione o ovo e  a água e amasse até obter uma pasta homogénea.

Transfira a massa para um saco pasteleiro com boquilha em forma de estrela e forme pequenas rosetas sobre o tabuleiro forrado.

Leve ao forno durante cerca de 15 minutos, até os biscoitos ficarem bem dourados.

Deixe arrefecer antes de guardar em frascos com fecho hermético.

DSC_0288.JPG

DSC_0289.JPG

DSC_0290.JPG

DSC_0292.JPG

 

 

Cenouras no forno com ervas

DSC_0257.JPG

Este tipo de vegetais fascina-me desde há já algum tempo e, quando soube que a Flores da Aldeia tinha feito uma sementeira, que andava ansioso para que aquelas sementes outrora lançadas num pedaço de terra dessem frutos ou, melhor, raízes; umas raízes de tamanho irregular, cada uma com a sua forma e cor,algumas inclusive semi-fundidas com outras: uns seres  fantásticos!

Confesso que me dá pena cozinhá-las; poderia tê-las numa taça, na cozinha, com as suas belas cores à mostra, e acho que não me cansaria de olhar para elas... Mas, questões de decoração e interiorismo (outra das minhas paixões...) à parte, ao nível do sabor não diferem muito das cenouras tradicionais. Parecem-me ideais para acompanhar pratos de carne ou assim simples, regadas com um pouco de iogurte grego não açucarado. Caso vos sobrem já depois de assadas não desesperem, pois ficam maravilhosamente bem numa sopa!

 

Ingredientes:

1 kg de cenouras jovens

4 dentes de alho com casca

4 ramos de tomilho fresco

1/2 dl de azeite virgem extra

1/2 colher de sopa de sal grosso

pimenta q.b

 

Preparação:

Corte a rama das cenouras, deixando apenas cerca de 1 a 2 cm. Lave-as muito bem em água fria a correr. Se tiverem muita areia ou rugosisades, ajude-se de uma escova. Escorra com um pano.

Passe as cenouras para um tabuleiro. Adicione o azeite e os alhos esmagados, mas com a casca.

Tempere com sal grosso e pimenta.

Tape com uma folha de papel vegetal. Ligue o forno nos 200º e introduza nele o tabuleiro.

Passados 30 minutos retire o papel vegetal, mexa as cenouras e leve novamente ao forno, sem o papel, durante mais 15 minutos.

Salpique com algumas folhas e otmilho fresco e sirva.

DSC_0232.JPG

DSC_0256.JPG

DSC_0257.JPG

 

 

Bolo anjo

DSC_0240.JPG

Chegou a minha versão do "Angels food cake", em português Bolo dos Anjos. E não é que o nome não podia ser mais adequado? Trata-se de um bolo tão leve, fofo e claro que parece mesmo uma núvem... Se bem que nalgumas receitas que encontrei utilizam baunilha, decidi dar-lhe um toque mais fresco e não poderia utilizar outro ingrediente senão o limão...

Para quem faz sobremesas com muitas gemas, a partir de agora este bolinho irá tirar o lugar ao molotoff e à pavlova!

 

Ingredientes:

12 claras de ovos médios (360 gramas)

300 gramas de açúcar

150 gramas de farinha com fermento

1 colher de chá de cremor tártaro

1 limão (raspa da casca)

1 colher de café de sal

 

Preparação:

Ligue o forno nos 175º.

Numa taça bem limpa e seca, bata as claras juntamente com o sal. Assim que começarem a fazer espuma, adicione dois terços do açúcar e o cremor tártaro e bata e continue a bater até obter um merengue com picos não demasiado definidos.

Peneire o restante açúcar juntamente com a farinha. Adicione a mistura de farinha e açúcar mais a raspa da casca do limão às claras e misture, com a ajuda de uma espátula, muito cuidadosamente, certificando-se de que não fica com grumos de farinha.

Verta o preparado numa forma comchaminé, antiaderente, sem untar.

Leve ao forno durante 30 a 40 minutos, até ficar dourado e, ao espetar uma faca afiada, esta não saia com restos de massa.

Retire do forno e, dê a volta para cima de uma grelha ou chávena, de modo a impedir que o bolo toque na superfície para fazer circular o ar. Não se preocupe, ele não vai cair!

Depois de completamente frio, passe uma faca ou espátula fina ao redor do bolo e do canudo para o descolar.

Desenforme e decore a gosto, com um pouco de açúcar em pó, chocolate ou frutos.

DSC_0238.JPG

DSC_0241.JPG

DSC_0243.JPG

DSC_0245.JPG

DSC_0246.JPG

DSC_0248.JPG

 

Assim vive o mundo

Tem curiosidade em saber como se vive em diferentes países do mundo?

 

A Homify criou um infográfico para nos mostrar como alguns dos hábitos e estilos de vida em alguns países no mundo.

Acessem AQUI e deixem o vosso feed-back ;)

 

 

Desejos de uma excelente semana outonal. Por cá será uma semana dura, mas prometo que não irão faltar docinhos  e alguma ou outra receita...

Assim vive o mund0.tiff

 

Nova coleção PARFOIS Desert