Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ad

Bolo de arroz com maçã e canela (apta para celíacos)

DSC_0060.JPG

A última semana foi de trabalho intenso, com pausa apenas para descansar e dormir o necessário e, como já me vêm conhecendo, sabem que preciso daquelas pausas para ligar o forno de casa e fazer um bolinho, pois só assim relaxo completamente (curioso, não é?) e cá estamos, em pijama, com um bolinho acabado de fazer. A cozinha cheira a bolo, a maçã, e canela, uma das minhs combinações preferidas.

Ah, aproveitei para, pela primeira vez, dar uso aos ovos azuis da minha galinha araucana :)

Experimentem a receita e confirmem-me se sabe bem ou não estar em casa uma segunda-feira chuvosa com bolo de maçã e canela ;)

 

Ingredientes:

3 ovos médios (usei da raça araucana por terem valores mais baixos em colesterol)

125 gramas de açúcar amarelo

75 gramas de creme culinário (uso Vaqueiro líquida)

150 gramas de farinha de arroz

1 cholher de chá de fermento em pó

1 colher de chá de canela moída

2 maçãs médias

 

Para a cobertura:

200 ml de natas vegetais

50 gramas de açúcar

1 colher de café de canela

 

Para decorar:

100 gramas de açúcar

2 maçãs pequenas lavadas e secas

 

Preparação:

Ligue o forno nos 170º.

Unte uma forma alta  com 15 cms de diâmetro com manteiga. Forre o fundo com um disco de papel vegetal, volte a untar e polvilhe com farinha.

Com umas varas de arame, bata o creme culinário com o açúcar até obter um creme leve. Adicione os ovos, um de cada vez sem parar de bater.

Peneire a farinha, a canela e o fermento em pó e misture bem.

Verta um terço da massa na forma.

Descasque e retire o caroço às maçãs e corte-as em fatias com cerca de 5 mm.

Disponha metade das maçãs por cima da massa já na forma. Verta mais um terço da massa e coloque mais uma camada de maçã. Termine com a massa restante e leve ao forno durante cerca de 45 minutos. Faça o teste do palito.

Retire o bolo do forno e deixe arrefecer completamente antes de desenformar.

Depois de frio, prepare o recheio:

Bata as natas vegetais e, quando começarem a ficar firmes, adicione o açúcar e a canela e bata mais um pouco, até formarem picos bem firmes.

Corte o bolo ao meio. Coloque o creme de canela num saco de pasteleiro com boquilha lisa e cubra a parte de baixo do bolo. Sobreponha a outra parte do bolo e barre-a com o creme restante.

Leve ao frio durante meia hora.

 

Para a decoração, coloque o açúcar restante numa firgideira pequena antiaderente e leve-a ao luma, agitando com cuidado até obte rum caramelo bem dourado. Espete as maçãs com um palito grande e passe-as, cuidadosamente, pelo caramelo. Coloque-as sobre uma folha de papel vegetal. Se sobrar caramelo, coloque-o numa colher de sopa e faça movimentos em forma de "zig-zag" em cima do papel vegetal para formar uma rede.

Deixe secar o caramelo e decore o bolo.

DSC_0061.JPG

DSC_0067.JPG

DSC_0070.JPG

DSC_0083.JPG

DSC_0084.JPG

 

O meu bolo de aniversário (bolo mármore com mousse de doce de leite)

DSC_0044.JPG

Não sei porquê, mas os  meus pais decidiram que eu nascesse no mês em que mais trabalho há no meu setor e, por consequência, sempre passo o meu aniversário a trabalhar, mas isso não é motivo para não se celebrar... e porque nem todos os dias fazemos anos, desta vez decidi fazer um bolinho para mim e para aqueles que partilham as suas alegrias comigo no trabalho (que são muitos), para a minha família de sangue e também para todos vocês que estão desse lado, que partilham e comentam as minhas publicações, pois sem vocês nada faria sentido.

Já agora, obrigado por me fazerem feliz!

 

Ingredientes:

350 gramas de açúcar

8 ovos

300 gramas de farinha para bolos com fermento

2 colheres de sopa de cacau

75 ml de água bem quente

150 gramas de creme culinário (uso Vaqueiro líquida)

 

Para o recheio e cobertura:

400 ml de natas para bater, bem frias

1 lata de leite condensado cozido

10 rodelas de abacaxi com cerca de 2 mm

cacau em pó q.b

 

Preparação:

Ligue o forno nos 120º. Disponha as fatias de abacaxi num tabuleiro forrado com papel vegetal e leve ao forno durante cerca de meia hora. Aumente a temperatura para 170º. Retire o tabuleiro, dê a volta às fatias e leve-as novamente, até ficarem douradas e murchas.

Retire-as do forno e coloque-as, individualmente, em formas para queques, até arrefecerem, para ganharem uma forma côncava.

Unte duas formas redondas com 20 centímetros com manteiga e polvilhe-as com farinha.

À parte, batas os ovos inteiros com o açúcar na velocidade máxima, até obter um creme volumoso e esbranquiçado.

Reduza a velocidade e adicione o creme culinário, sem parar de bater.

Adicione a farinha previamente peneirada e envolva-a na massa, com movimentos cuidadosos, para evitar a formação de grumos.

Divida a massa em duas partes iguais.

Numa tigela, misture o cacau com a água bem quente até obter um creme. Adicione este preparado a metade da massa.

Distribua as duas massas, alternadas, pelas duas formas e leve ao forno durante cerca de 40 minutos. Faça o teste do palito. Quando os bolos estiverem cozidos, retire-os do forno e deixe arrefecer durante 5 minutos dentro da forma. Desenforme e deixe arrefecer completamente em cima de uma grelha.

Corte os dois bolos em duas partes, na horizontal.

 

Bata as natas e, quando começarem a ficar firmes, adicione o leite condensado cozido e bata mais um pouco, até obter uma espécie de mousse de cor caramelizada.

Coloque uma parte de bolo no prato de serviço e barre-a com uma camada generosa de creme.

Repita o processo até ter usado todas as camadas de bolo. Barre o topo e laterais do bolo com o mesmo creme e alise, ajudando-se de uma espátula.

Polvilhe o topo com cacau e decore com as "flores" de abacaxi :)

 

Dica: Para este tipo de preparações, prefiro usar natas vegetais, pois são mais estáveis e não corremos o risco de que passem a manteiga.

DSC_0033.JPG

DSC_0034.JPG

DSC_0036.JPG

DSC_0037.JPG

DSC_0038.JPG

DSC_0041.JPG

DSC_0043.JPG

DSC_0044.JPG

DSC_0049.JPG

DSC_0052.JPG

DSC_0056.JPG

DSC_0057.JPG

 

Bolo de requeijão e compota de laranja

 

DSC_0012.JPG

Compota de laranja d'O Pomar das Andorinhas: uma compota agridoce de textura aveludada, que é resultado do aproveitamente de todo o fruto, desde a casca à polpa; Tanto o é que podemos inclusive encontrar pedaços de cascas cristalizadas, crocantes e frescas, que realçam ainda mais o sabor deste maravilhoso fruto. Espreitem este e outros dos fantásticos produtos artezanais (doces, bolachas, etc) do Pomar, na loja online.

E... se gostamos de torradas com requeijão e compota, porque não de um bolo com estes dois ingredientes? A idéia surgiu quando recebi alguns dos fantásticos queijos da Queijos Saloio e vi que, lá no meio, vinha um belo Requeijão do campo, feito com leite de vaca, cabra e ovelha. O resultado é um bolo húmido e muito rico.

 

Ingredientes:

4 ovos separados

125 gramas de açúcar

125 gramas de farinha para bolos com fermento

170 gramas de requeijão (uso Requeijão do Campo, da Saloio)

1 colher de sopa de farinha de linhaça

2 colheres de sopa de compota de laranja (uso d'O Pomar das Andorinhas)

 

Preparação:

Unte uma forma com 20 centímetros de diâmetro com manteiga. Forre o fundo com papel vegetal, volte a untar e polvilhe com farinha.

Ligue o forno nos 175º.

Bata as gemas com o açúcar até obter um creme esbranquiçado e fofo.

Adicione o requeijão, reduza a velocidade da batedeira e bata mais um pouco, até obter um creme homogéneo. Adicione a compota de laranja e mexa bem.

À parte, bata as claras em castelo com uma pitada de sal.

Adicione as claras ao creme de gemas, envolvendo cuidadosamente com movimentos de baixo para cima.

Peneire as farinhas e adicione-as à massa, mexendo com a ajuda de uma espátula de silicone.

Verta o preparado na forma e leve ao forno durante cerca de 45 minutos. Faça o teste do palito, mas não espere que este saia totalmente seco, pois o bolo everá ser ligeiramente húmido.

Retire do forno e deixe arrefecer completamente dentro da forma.

 

Dica: Se for muito muito guloso, perca a lei ao resto da compota; aqueça-a ligeiramente no microondas e pincele o bolo com ela ;)

DSC_0011.JPG

DSC_0014.JPG

DSC_0017.JPG

DSC_0018.JPG

DSC_0021.JPG

DSC_0023.JPG

DSC_0024.JPG

DSC_0027.JPG

 

 

Bolo de laranja com mousse de amoras

DSC_0100.JPG

Tal como prometido, passei por aqui para  partilhar convosco a receita de um bolinho semifrio de aniversário, elegante, delicioso, com um toque de laranja  e o verdadeiro sabor a amoras silvestres acabadas de colher. :)

 

Ingredientes:

6 ovos

200 gramas de açúcar

275 gramas de farinha

1 laranja (raspa da casca)

100 gramas de manteiga derretida

 

Para o recheio/cobertura:

125 gramas de amoras mais algumas para decorar

2 colheres de sopa de açúcar

1 colher de sopa de vinagre de frutos vermelhos

400 ml de natas para bater bem frias

3 folhas de gelatina

 

Preparação:

Préaqueça o forno nos 175º.

Unte uma forma alta com 15 centímetros de diâmetro com manteiga e polvilhe-a com farinha.

Na taça da batedeira, coloque os ovos e o açúcar e bata, numa velocidade alta, até obter um creme fofo esbranquiçado com o triplo do volume.

Adicione a manteiga e mexa.

Adicione a farinha, previamente peneirada, e a raspa da casca da laranja e envolva-a na massa com a ajuda de uma espátula de silicone, com movimentos suaves, de baixo para cima.

Verta a massa na forma  e leve ao forno durante cerca de 45 minutos. Quando espetar um palito e este sair sem vestígios da massa, retire o bolo do forno e deixe arrefecer durante 10 minutos dentro da forma.

Desenforme o bolo para cima de uma grelha e trate do recheio;

Num tacho pequeno, leve ao lume as amoras juntamente com o vinagre de frutos vermelhos e as duas colheres de sopa de açúcar. Esmague ligeiramente com  a ajuda de um garfo e  deixe ferver por cerca de 5 minutos.

À parte, demolhe as folhas de gelatina durante cerca de 3 minutos num recipiente com água fria. Escorra-as e adicione-as ao preparado das amoras, mexendo até se dissolverem.

Retire do lume e deixe arrefecer completamente, mas sem recorrer ao frigorífico.

 

Quando o bolo e a compota das amoras tiverem arrefecido, bata as natas bem frias até começarem a ficar firmes. Adicione o preparado das amoras e bata mais um pouco, até obter uma mousse.

Corte o bolo em quatro partes na horizontal.

Coloque uma base de bolo no prato de serviço;

Barre com a mousse de amoras e repita o processo até acabar com o bolo e a mousse. Barre o topo e laterais com a mousse e alise com uma espátula.

Decore com algumas amoras e carinho! :)

Leve ao frio durante duas a três horas. 

 

Nota: Se não tiver forma com 15 centímetros de diâmetro pode usar uma maior, sendo que o bolo não irá render tantas camas, mas ficará igualmente delicioso.

DSC_0113.JPG

DSC_0114.JPG

DSC_0116.JPG

DSC_0119.JPG

 

 

 

Nova coleção PARFOIS Desert