Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ad

Biscoitos de bolo rei


A primeira parte das festas natalícias já la vai.. Falta a passagem de ano e o dia de Reis.
Imagino que em vossas casas também sobre muito bolo rei. Hoje não vos deixo nenhuma receita mas sim umas dicas, tendo em conta o que fazemos cá em casa.

  • Corte o bolo rei sobrante em porções do tamanho que lhe parecer mais adequado, pensando na quantidade de fatias que vai consumir mais tarde. Envolva bem em película aderente ou guarde em caixas herméticas próprias para congelação e guarde no congelador. O bolo rei manter-se-á em boas condições durante cerca de dois a três meses. Quando lhe der a vontade, basta retirar e deixar descongelar a temperatura ambiente.

  • Esta é a técnica preferida cá em casa: Corte o bolo rei em fatias o mais finas que conseguir, com cerca de 4 mm será o ideal. Forre um tabuleiro com papel vegetal, espalhe as fatias e leve ao forno a 225º até que estejam completamente douradas, virando dos dois lados. Tenha atenção ao virar, pois quente está mais sensível e parte-se com alguma facilidade. Deixe arrefecer completamente e guarde em caixas ou frascos herméticos. Estes biscoitos são ideais para acompanhar uma chávena de chá assim simples, com compota ou manteiga.

Filhós de Abóbora

Este é um daqueles doces tradicionais que não podem faltar na mesa de Natal. Uma receita simples à qual se podem adicionar outros sabores, como aguardente, vinho do Porto ou anis, por exemplo.

Ingredientes:
500 gramas de abóbora cozida, escorrida
250 ml de leite
3 ovos
30 gramas de fermento de padeiro
75 gramas de açúcar
400 gramas de farinha
1/2 laranja (raspa da casca)
1 colher de chá de sal
Óleo q.b para fritar
Açúcar e canela para envolver

Preparação na Bimby:
Coloque a abóbora no copo e triture durante 10 segundos na Velocidade 4,5. Reserve
Coloque no copo o leite, o fermento e o açúcar e programe 3 minutos na Velocidade 1 a 70º;
Adicione a farinha, o sal e a raspa da casca de laranja e programe 10 Segundos Velocidade 4;
Adicione os ovos e bata 10 Segundos Velocidade 4.
Passe o preparado para uma tigela grande e envolva com película aderente.
Deixe repousar durante cerca de meia hora em local quente.
Frite colheradas do preparado em óleo quente abundante até ficarem douradas, virando dos dois lados. Escorra sobre papel absorvente, passe por açúcar e canela e sirva.

Método tradicional:
Triture a abóbora com a varinha mágica. Reserve
Aqueça ligeiramente o leite até ficar morno e adicione-lhe o açúcar e o fermento. Mexa bem.
Num recipiente coloque a farinha e o sal. Abra uma cavidade no centro e coloque nela todos os restantes ingredientes. Comece a mexer de dentro para fora, com umas varas, até ter tudo incorporado.
Envolva com película aderente e deixe repousar durante cerca de meia hora em local quente.
Frite colheradas do preparado em óleo quente abundante até ficarem douradas, virando dos dois lados. Escorra sobre papel absorvente, passe por açúcar e canela e sirva.

Waffles...

Com a pequena por casa e muita vontade de estrear a minha última aquisição: uma há muito desejada máquina de fazer Waffles/gauffres, que encontrei hoje por coincidência no LIDL em Espanha, por apenas 19,90€
Esta é a masse base. Quanto ao acompanhamento, deixem que a imaginação e espírito de guloso fluam :D

Ingredientes:
1 chávena de chá de farinha
1 chávena de chá de leite
1 ovo
1 colher de sopa de Vaqueiro Líquida
1 colher de sopa de açúcar
1 colher de café de sal
1 colher de chá de fermento para bolos

Preparação:
Comece por separar a gema da clara. Bata a clara em castelo e reserve.
Coloque num recipiente a farinha peneirada juntamente com o açúcar, o fermento e o sal.
Misture, adicione o leite, a gema e a Vaqueiro líquida e mexa bem.
Finalmente, adicione a clara batida, envolvendo cuidadosamente.
Cozinhe porções em máquina própria, seguindo as instruções do fabricante.

Polvilhe com açúcar e canela, regue com caramelo, compota ou sirva com chantilly e fruta :)

Sonhos com molho de caramelo

De vez em quando, a Vaqueiro presenteia-me com uns miminhos. Desta vez, recebi um belo avental, amostras de margarina com sabores e, uma vez mais, uma embalagem de creme culinário Vaqueiro Líquida, vconhecida por aportar leveza e uma textura extra fofa aos nossos cozinhados, mas também pela facilidade na utilização, pois não precisamos de a derreter. A contra-partida deste presente? Como estamos no Natal, o desafio era fazer uns sonhos e partilhar a receita com todos vocês... A minha resposta foi "Desafio aceite!"
Ingredientes:
250 ml de água
175 gramas de farinha
75 ml de Vaqueiro líquida
1 colher de café de sal
1 colher de sopa de açúcar
1 colher de café de fermento para bolos
4 ovos médios
óleo q.b para fritar
Para o molho:
150 gramas de açúcar
100 ml de natas
Pérolas de açúcar q.b para polvilhar

Preparação:
Para o molho:
Leve o açúcar a lume médio num tacho; Deixe derreter até obter um caramelo líquido. 
Adicione as natas todas de uma só vez e mexa até que estas tenham sido absorvidas pelo caramelo. Deixe engrossar um pouco e retire do lume. Esta operação requer algum cuidado para não se queimar.

Sonhos:
Num tacho, leve ao lume a água juntamente com o sal, a Vaqueiro líquida e o açúcar;
Assim que ferver, adicione a farinha e o fermento e mexa bem até formar um creme homogéneo, espesso.
Retire do lume e deixe arrefecer.
Noutro recipiente, bata ligeiramente os ovos.
Adicione os ovos batidos ao preparado anterior, gradualmente, misturando bem com a ajuda da batedeira até obter um creme homogéneo sem grumos. 
Frite colheradas do preparado em óleo quente. Prefira um tacho, pois precisará de, pelo menos, 4 cm de profundidade de óleo para os sonhos se virarem. Assim que estiverem dourados e pararem de dar voltas, retire os sonhos e deixe-os escorrer sobre papel absorvente.
Transfira os sonhos para um prato, regue com o molho e polvilhe com as pérolas de açúcar.




Nova coleção PARFOIS Desert

Pág. 1/3