Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ad

Pão integral com figos secos

Outono:
Ora chove, ora faz sol
Ora vestimos o casaco, ora espreitamos como o caracol.
Os bosques e avenidas de árvores bem vestidas
de amarelo, laranja e vermelho.
Não qual das cores mais bela;
Este espetáculo, de ramas semi-despidas,
De folhas quase desprovidas
Pão e figos 
Memórias trazem de tempos antigos;
Uma velhota de saias compridas,
Rodeada de seus netos amigos
 
Ingredientes:
600 gramas de farinha de trigo integral, mais alguma para polvilhar
50 ml de azeite
50 gramas de fermento de padeiro
300 ml de água morna
1 colher de chá de sal
200 gramas de figos secos

Preparação:
Pique os figos grosseiramente e reserve.
Num recipiente, coloque a farinha. Abra uma cavidade no centro e coloque nela o azeite, o fermento e a água morna. Envolva com as mãos, adicione o sal e continue a amassar, até que a massa descole das mãos e das paredes do recipiente.
Tape com película aderente e deixe levedar cerca de meia hora num local morno.
Polvilhe uma bancada com um pouco de farinha e estenda nela a massa. com o comprimento de uma forma de bolo inglês.
Espalhe por toda a massa os figos picados e enrole.
Pincele uma forma de bolo inglês com azeite e coloque nela a massa. Faça alguma pressão nos cantos, de modo a que esta fique bem acomodada.
Faça alguns cortes na diagonal com uma faca e leve novamente a levedar durante mais 30 a 45 minutos.
Cozinhe em forno pré-aquecido a 200º durante cerca de 30 minutos.


Biscoitos de arroz e sultanas

Hoje voltou a chover... 
E... que nos apetece quando chove? Nem mais! Sofá, manta, chá e biscoitos... Não foi o caso, mas a verdade é que uns bons biscoitos caem sempre bem. 
Abre-se a gaveta da mercearia e que há? Farinha de arroz, sultanas e pouco mais...

Ingredientes:
250 gramas de farinha de arroz
90 gramas de manteiga a temperatura ambiente
100 gramas de açúcar
2 ovos inteiros
1 limão (raspa)
1 colher de café de fermento em pó
50 gramas de sultanas

Preparação segundo o método tradicional:
Pré-aqueça o forno a 190º;
Coloque numa tigela a farinha, o açúcar, o fermento, a manteiga, os ovos e a raspa da casca de limão;
Amasse até que todos os ingredientes estejam ligados;
Adicione as sultanas e volte a amassar, até que estas estejam integradas na mistura;
Com as mãos, forme pequenas bolas e disponha-as num tabuleiro forrado com papel vegetal;
Com a ajuda de uma colher, espalme ligeiramente as bolinhas;
Leve ao forno a cozinhar durante cerca de 20 minutos, ou até que os biscoitos estejam dourados.

Preparação na Bimby:
Pré-aqueça o forno a 190º;
Coloque todos os ingredientes à exceção das sultanas no copo;
Coloque a tampa e o medidor e programe 20 segundos na velocidade 6;
Adicione as sultanas e programe 10 segundos na velocidade 3;
Com as mãos, forme pequenas bolas e disponha-as num tabuleiro forrado com papel vegetal;
Com a ajuda de uma colher, espalme ligeiramente as bolinhas;
Leve ao forno a cozinhar durante cerca de 20 minutos, ou até que os biscoitos estejam dourados.

Sonhos (de Outono)

Apesar de hoje ter sido um daqueles domingos solarengos  de outono, o frio ao entardecer traz-me vontade de pratos mais reconfortantes e aquele "cheirinho" a Natal. Não sendo uma sobremesa para todos os dias, de vez em quando não faz mal nenhum!
São tão engraçados, os sonhos, a dançarem no óleo enquanto crescem e ganham aquela tonalidade dourada que lhes é característica :)

Ingredientes:
4 ovos
175 gramas de farinha
250 ml de água
50 gramas de manteiga
1 colher de sopa de açúcar
1 colher de chá de fermento
sal q.b
Açúcar e canela q.b para polvilhar
Óleo para fritar

Preparação na Bimby:
Pese a farinha e reserve;
Coloque no copo a água juntamente com a manteiga, o sal e o açúcar e aqueça durante 7 minutos a 100º na Velocidade 1;
Adicione a farinha e o fermento e misture 15 segundos na Velocidade 4;
Deixe arrefecer  uns 20 minutos;
Num recipiente, bata ligeiramente os ovos;
Programe 30 segundos na Velocidade 4 e vá adicionando pelo bocal os ovos batidos.
Coloque um tacho com óleo a aquecer e frite colheradas do preparado e deixe fritar até ficar dourado, ou até que os sonhos parem de dar voltas.
Escorra sobre papel absorvente, passe por açúcar e canela e sirva.

Método tradicional:
Coloque um tacho ao lume com o sal, o açúcar e a manteiga.
Quando a água começar a ferver, adicione a farinha de uma só vez e mexa até formar uma bola que se despegue do fundo.
Retire para um recipiente e deixe arrefecer.
Bata ligeiramente os ovos e adicione gradualmente, mexendo bem com uma colher de pau.
Coloque um tacho com óleo a aquecer e frite colheradas do preparado e deixe fritar até ficar dourado, ou até que os sonhos parem de dar voltas.
Escorra sobre papel absorvente, passe por açúcar e canela e sirva.


Pães de Deus

Sabem aqueles pães de Deus tão apetitosos que se encontram  nas feiras tradicionais? Sim, aqueles que gostaríamos que fossem completamente barrados com aquela cobertura doce de coco? Pois, Hoje deixo-vos ficar a minha versão desses pães tão fofos irresistíveis à hora do lanche.

Deixo-vos também uma dica: Se não tiverem mito tempo, podem prepará-los com alguma antecedência e congelar, em tabuleiros, antes de cozinhar. assim, quando vos apetecer um pãozinho destes para o lanche, basta retirar do congelador de manhã e, quando voltarem o trabalho é só levar ao forno ;)

Desejos de uma boa semana, docinha para todos!

Ingredientes:
Para a massa
25 gramas de fermento de padeiro fresco
200 ml de leite morno
60 gramas de manteiga amolecida
400 gramas de farinha de trigo
1 colher de sopa de açúcar
1 ovo inteiro
1 colher de café de sal

Para a cobertura:
2 ovos inteiros
100 gramas de coco ralado
50 gramas de açúcar
1 gema de ovo (para pincelar)
Açúcar em pó q.b para polvilhar 

Preparação:

Dilua o fermento no leite morno e a manteiga; reserve.
Coloque a farinha num alguidar, abra uma cavidade e coloque nela 1 colher de sopa de açúcar, o ovo, o sal e a mistura do leite. Amasse bem até descolar do alguidar (junte alguma farinha se necessário).
Trabalhe a massa numa bancada enfarinhada; forme uma bola, transfira-a novamente para o alguidar, tape com película aderente ou um pano e deixe levedar em local morno até duplicar o seu volume.
Volte a amassar para desgaseificar e forme pequenas bolas.
Disponha as bolas, separadas, num tabuleiro forrado com papel vegetal; Dilua a gema de ovo com uma colher de sopa de água e pinte com ela os pães.
Misture os ingredientes da cobertura numa tigela e barre com este preparado os pães.
Deixe repousar mais 30 a 40 minutos e cozinhe em forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 25 minutos.
Retire do forno e, ainda quentes, polvilhe os pães com açúcar em pó.

Nova coleção PARFOIS Desert

Pág. 1/3