Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ad

Doce de pêra com alvarinho e sultanas

Hoje continuamos com a produção de compotas cá em casa. O objetivo é aproveitar o excesso de fruta da época. 
Para não cair na rotina dos sabores tradicionais, hoje decidi adicionar um pouco de acidez e aroma às pêras, através da adição de um vinho tão nosso, assim como também alguma textura com umas sultanas douradas. O resultado?? Diz quem provou (modéstia à parte, mas eu também incluído), que está de comer e chorar por mais :)

Ingredientes:
1 kg de pêras descaroçadas, cortadas em pedaços
700 gramas de açúcar amarelo
150 ml de vinho alvarinho
150 gramas de sultanas

Preparação na Bimby:
Coloque as pêras juntamente com o açúcar e o vinho no jarro.
Tape, coloque o copo medidor e triture 10 segundos na velocidade 6.
Retire o copo de medida e coloque em cima da tampa o cesto.
Programa 50 minutos a 120º na velocidade 1.
Adicione as sultanas e programe mais 10 minutos a 120º na velocidade 1.
Distribua imediatamente por frascos de vidro esterilizados e volte-os de tampa para baixo em cima de um pano até arrefecer.

Preparação segundo o método tradicional:
Coloque as pêras, o açúcar amarelo e o vinho num tacho. 
Leve ao lume durante cerca de hora e meia, mexendo de vez em quando. 
Adicione as sultanas e cozinhe, mexendo durante cerca de mais 15 minutos, ou até que atinja o ponto de estrada (quando passar a colher de pau no meio do tacho, deverá abrir-se uma "estrada".
Distribua imediatamente por frascos de vidro esterilizados e volte-os de tampa para baixo em cima de um pano até arrefecer.

Doce de maçã e abóbora com alfazema e sementes de sésamo preto

Chegou o Outono e não poderiamos dar-lhe melhores boas vindas do que guardando alguma da  doce e perfumada fruta que nos brindou o verão.
Inicialmente ia fazer compota de maçã com rosas, mas quando fui ao jardim, as rosas tinham-se ido... Como não sou homem de baixar os braços, tratei de arranjar outra combinação que ficou excelente. Para terem uma noção, a Dona Helena que, para quem nem conhece, é só a melhor mãe do mundo :p que não gosta de doces, provou, repetiu e até lambeu os dedos...

Ingredientes para 3 frascos médios:
600 gramas de maçã sem caroços
150 gramas de abóbora sem casca
1 laranja (sumo)
375 gramas de açúcar
1 colher de sopa bem cheia de sementes de sésamo pretas
1 colher de chá de folhas de alfazema

Preparação na Bimby:
Corte as maçãs e a abóbora em pedaços e coloque no copo da Bimby, juntamente com o sumo de laranja, o açúcar e as folhas de alfazema,
Programe 10 segundos na velocidade 6.
Programe, então, 33 minutos a 120º na velocidade 1.
Quando faltarem 5 minutos para terminar o tempo, pelo orifício superior, adicione as sementes de sésamo.
Assim que a compota estiver pronta, divida por frascos em vidro esterilizados, tape e deixe-os arrefecer de boca para baixo em cima de um pano.
Uma vez aberto o frasco, conserve no frigorífico e consuma quanto antes.

Preparação tradicional:
Corte as maçãs e a abóbora em pedaços.
Coloque num tacho juntamente com o sumo da laranja, o açúcar e as folhas de alfazema. 
Cozinhe, mexendo, até obter a consistência desejada, cerca de 45 minutos. Perto do final, adicione as sementes de sésamo e continue a mexer. 
Se não gostar do doce mais texturizado, no final triture com a varinha mágica.
Divida por frascos em vidro esterilizados, tape e deixe-os arrefecer de boca para baixo em cima de um pano.
Uma vez aberto o frasco, conserve no frigorífico e consuma quanto antes.

Risotto de Cantharellus e ceps

Hoje, domingo, não estava previsto cozinhar, mas assim que os primeiros cogumelos da temporada me apareceram à porta pelas mãos da Flores da Aldeia mudei logo de ideias :) 
Já que o Outono está mesmo à espreita, que melhor forma de utilizá-los senão num belo risotto?  O resultado foi um prato cheio de fragrâncias,saboroso e reconfortante para estas noites já frias e húmidas.

Ingredientes para 4 pessoas:
300 gramas de cogumelos silvestres (usei Cantharellus e ceps)
300 gramas de arroz arbório
2 chalotas picadas
1 dente de alho picado
2 colheres de sopa de azeite
25 gramas de manteiga
50 gramas de queijo Parmesão ralado no momento
1/2 copo de vinho branco
1 litro de caldo de galinha (aproximadamente)
Sal e pimenta q.b
Comece por limpar os cogumelos com a ajuda de um pincel; reserve.
Coloque o caldo ao lume, mantendo-o quase a ferver.
Aqueça uma frigideira ou tacho de fundo largo; adicione o azeite, seguido das chalotas e do alho picado. Salteie até ficarem transparentes.
Adicione o arroz e deixe fritar durante cerca de 2 minutos, mexendo. Regue com o vinho branco, mexa e deixe evaporar. Adicione, então, os cogumelos e deixe cozinhar até ficar sem praticamente líquido nenhum.
Adicione um pouco de caldo e mexa com a frigideira até que este seja absorvido pelo arroz. Vá adicionando o restante caldo gradualmente. Cerca de 18 minutos depois prove o arroz e, este estiver al dente, retire do lume. Tempere com sal e pimenta. Adicione a manteiga e o Parmesão, mexa e deixe repousar durante cerca de 1 minuto. 
Sirva de imediato.

Nova coleção PARFOIS Desert

Pág. 1/4